Os benditos 3 meses - Texto de 30.05.2016

14:15

Atibaia, 30 de maio de 2016.
Ouvindo “O Seu Olhar” – Seu Jorge
Oito dias atrás, foi mêsversário dos meus Pequenos Príncipes. Beni completou 1 ano e 10 meses e Guel finalmente completou seu primeiro trimestre de vida.
Eu já era mãe quando Miguel chegou. E foi impressionante o quanto fui/sou exigida de tantas e outras formas sendo mãe de dois. Lidar com um recém nascido é bem mais fácil quando já se sabe o que vem pela frente. O dia a dia é bem tranquilo e não há mais desespero com um choro mais forte ou o mais fraquinho, que indica a hora do sono.
A parte mais difícil sobre a chegada do Miguel foi lidar com emoções, especialmente as emoções do meu primogênito Benício.
Nestes três meses, vivi o que até agora foi o período máximo de exaustão. Noites maldormidas, filhos ficando doentes e exigindo colo, carinho e atenção redobrados, um dos períodos mais desgastantes no trabalho de meu marido e eu me sentindo impotente, sem saber o que fazer diante de tantas coisas que fogem ao controle.
Os “sinais” escondidos sempre me dizem: ‘acredita! tenha mais fé!’. E assim, vivendo um dia de cada vez, como se a ampulheta das 24 horas girasse a cada novo badalar da meia-noite, fomos seguindo, vivendo na exaustão temporária por ter dois bebês em casa com uma dinâmica totalmente diferente, mas também experimentando aqueles momentos mágicos únicos que nos renovam: as primeiras palavras do filho mais velho, os primeiros sorrisos e gargalhadas do filho mais novo, os abraços em família e nossos apertos na pequena grande cama de casal.
Não dá pra dizer que é o período mais fácil de minha vida, mas tenho preferido olhar com olhos de poesia cada pedido de colo e chamado de “mamãe” no meio da madrugada.
Meu único pedido ao Universo é que estejamos sempre cercados pela saúde. Para tudo, absolutamente TUDO se dá jeito na vida com saúde. O sono a gente recupera nos próximos anos… agora é hora de construir uma infância feliz e presente para nosso melhor legado: nossos filhos.
E que o ‘ENTREGO. CONFIO. ACEITO. AGRADEÇO.’ esteja cada vez mais presente e intrínseco em meus dias, meus pensamentos, meu caminhar…
Espalhamos o que somos. Simples assim.
Minha família é meu bem mais precioso ♥ Que venha a merecida onda zen…
escolher-alarme-casa_0
Dentro do círculo infinito da divina presença que me envolve inteiramente, afirmo: há uma só presença aqui, é a da Harmonia, que faz vibrar todos os corações de felicidade e alegria. Quem quer que aqui entre, sentirá as vibrações da Divina Harmonia. Há uma só presença aqui, é a do Amor. Deus é o Amor que envolve todos os seres num só sentimento de unidade. Este recinto está cheio da presença do Amor. No Amor eu vivo, me movo e existo. Quem quer que aqui entre, sentirá a pura e santa presença do Amor. Há uma só presença aqui, é a da Verdade. Tudo que aqui existe, tudo que aqui se fala, tudo que se pensa é a expressão da Verdade. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Verdade. Há uma só presença aqui, é a da Justiça. A Justiça reina neste recinto. Todos os atos aqui praticados são regidos e inspirados pela Justiça. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Justiça. Há uma só presença aqui, é a presença de Deus o Bem. Nenhum mal pode entrar aqui. Não há mal em Deus. Deus, o bem, reside aqui. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença divina do Bem. Há uma só presença aqui, é a presença de Deus a Vida. Deus é a Vida essencial de todos os seres. É a Saúde do corpo e da mente. Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Vida e da Saúde. Há uma só presença aqui, é a presença de Deus a Prosperidade. Deus é Prosperidade, pois Ele faz tudo crescer e prosperar. Deus se expressa na Prosperidade de tudo o que aqui é empreendido em seu nome. Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Prosperidade e da Abundância. Pelo símbolo esotérico das Asas Divinas estou em vibração harmoniosa com as correntes universais da Sabedoria, do Poder e da Alegria. A presença da Divina Sabedoria manifesta-se aqui. A presença da Alegria Divina é profundamente sentida por todos os que aqui penetram. Na mais perfeita comunhão entre o meu Eu Inferior e o meu Eu Superior, que é Deus em mim, consagro este recinto a mais perfeita expressão de todas as qualidades divinas que há em mim e em todos os seres. As vibrações do meu pensamento são forças de Deus em mim, que aqui ficam armazenadas e daqui se irradiam para todos os seres, constituindo este lugar um centro de emissão e recepção de tudo o quanto é Bom, Alegre e Próspero.
Assim Seja!

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe