Só você sabe o que gostaria de ouvir.

08:57

Atibaia, 6 de fevereiro de 2015. 

Ouvindo "Change the world" 

Quase três anos atrás, li uma publicação no blog da Marla de Queiroz onde ela escrevia uma carta de amor a ela mesma. Já repararam como é difícil a gente olhar pra dentro e se acariciar com palavras, auto-abraços e boas afirmações sobre nós mesmos? Os defeitos a gente sabe de cor, mas pensar em coisas que fazemos bem e nos parabenizar por isso não é tão simples assim. 

Dia desses, li algo que me fez pensar muito: "cada um tem o amor que acha que merece". 
Se a gente não olha pra dentro, como saberemos o que merecemos? 

Em seguida, vi nova publicação de Marla: "Escreva uma carta com o destinatário 'você mesmo' e se diga coisas que você sabe que merece ouvir, que você pretende realizar e se elogie muito... seja gentil consigo, jogue todo entulho emocional fora. Fale das suas conquistas, das belezas que você tem e guarde o melhor parágrafo no seu coração. Só você sabe o que gostaria de ouvir". 

Então...

"De: Lillian Bernardo
Para: Lillian Bernardo

Minha querida, 
quantas coisas aconteceram neste último ano, não é mesmo? Percebo a sua transformação latente em pequenos detalhes. Antes, tão cheia de planejamentos, por vezes inflexível e medrosa, sequer imaginava o que estava por vir depois da descoberta da gravidez. Benício veio trazer a paz que você tanto buscava e não sabia onde encontrar. Ele é a lacuna que faltava para transformar! Te transformar, transformar a sua visão de mundo, transformar seus pensamentos, transformar sua relação com seu marido, transformar as suas expectativas. Sei que nem todos os dias são fáceis na vida. Que bom! Sinal que existe sangue correndo em suas veias e que seu coração pulsa e te mostra os sentimentos latentes, mas ter alguém tão dependente te faz repensar até nestes momentos de ira que por vezes aparecem. Não vê como a magia da vida é encantadora? Você muda seu padrão vibratório (e comprova ser possível controlar a mente) só para o seu filho estar sempre protegido e em um ambiente de paz e tranquilidade. Hoje, se as coisas não dão certo, você acha que existe uma mensagem subliminar do Universo e até agradece pelos planos não se concretizarem. Vive um dia de cada vez como sempre disseram que deveria ser. Depois de um dia exaustivo, de trabalhar incessantemente em sua casa e ver seu filho dormindo o sono dos anjos, não é maravilhoso e surpreendente quando seu marido simplesmente abre um vinho e diz 'vamos comemorar porque hoje é segunda-feira e não tem dia de ser feliz'? Lembre-se sempre de agradecer a Deus pelo parceiro que conquistou. Ambos estão se doando permanentemente para que continuem se encolhendo dia após dia. Sei que às vezes você fica triste porque, apesar de consciente, precisou abdicar de sua vida profissional para cuidar de seu filho. E que vai lutar para que seus projetos deem certo. Mesmo que não deem, lembra que esses dias recebeu uma mensagem de uma pessoa totalmente desconhecida que adorou ler o que você escreveu no blog? Pois lembre-se sempre do quanto os salários emocionais muitas vezes te deixam mais felizes que um grande salário monetário. Ter que se adaptar com menos está fazendo bem pra você: hoje você percebe o quanto tinha uma depressão mascarada e precisava loucamente comprar, comprar, comprar. Claro que o dinheiro traz certos comodismos, mas esta experiência tem sido realmente enriquecedora no sentido de te fazer perceber que a compulsão não é positiva e que existem outras formas de transformarmos o que já temos em nosso guarda-roupa. Agradeça estes bons exemplos deixados pela sua mãe, que sempre foi hiper econômica sem deixar de ter classe. Inspire-se nela. Lembre-se que não é porque você não está contribuindo financeiramente para o pagamento das contas domésticas que você é menos importante. Você é responsável pelo equilíbrio emocional de sua família. Você precisa de você, seu marido precisa de você, seu filho precisa de você. Sei que está cuidando de encontrar coisas que te tragam paz e alegrias em primeiro lugar, para conseguir transmitir isso aos que estão ao seu lado. Nunca, nunca, nunca esqueça de agradecer. Tudo que vem, vem para alguma coisa. Se ficar difícil de entender, cole isso na parede. E se um dia estiver com astral baixo, cole aquele 'você é linda' no espelho do banheiro e repita isso até virar um hábito e você voltar a acreditar em si mesma. Você está indo muito bem. Continue seguindo seus instintos e seu coração, mesmo que todos os ventos estejam contrários. Vai ver é aí mesmo que você tem que quebrar padrões e fazer a diferença! Sigo sempre contigo! 
Com amor, 
Lillian". 

Meu beijo, 
L. 

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe