17:29

Bragança Paulista, 06 de julho de 2011.

Hoje trabalhei normalmente. Conversei com a Isinha normalmente. Tive minha rotina como os outros dias... mas por um motivo eu fiquei realmente triste, chateada com os seres humanos que continuam com essa mania de fazer quem não merece sofrer...
Por diversas vezes eu disse aos meus amigos que não devemos tomar partido de uma história que não é nossa; hoje aprendi uma lição: quando vemos alguém tão querido passando pela mesma situação humilhante que há alguns anos nós quem estávamos passando, DOI! Doi saber que ainda existe tanta gente covarde no mundo, incapaz de reconhecer as qualidades de um ser humano.
É triste demais reviver através de uma querida sensações que fazem tão mal ao corpo, a mente, ao espírito... e principalmente, à saúde.
Que Deus perdoe os covardes deste mundo... e eu também!
Lamentável tanta gente leviana com o coração dos outros.
Mas um dia a gente chega lá!

Meu beijo,
Li.

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe