Vale a pena reler de novo!

14:50

Este é para relembrar... maio de 2008. O Lu tinha acabado de virar repórter na Band... e foi o primeiro dia 20 em que não conseguimos nos encontrar, depois de 8 meses de namoro. Apesar de já ter passado um tantão de tempo, olhar pra trás e lembrar desta fase da vida faz um bem danado. Vez ou outra é bom olhar para nossa própria história e ter consciência do quanto já construímos, do quando nossa vida é especial e o quanto é preciso realmente viver um dia de cada vez, semeando coisas bonitas, e boas lembranças. Dá pra sentir um baita orgulho de nossa própria história... só que muitas vezes, nem sabemos disso! ;)

"...Fico tentando me lembrar porque tinha tanto medo de ser eu mesma e por que deixava minhas proteções irem embora. De repente reconheci você, que chegou pra me ajudar, amar e para que eu me reajustasse... São oito meses que mais parecem oito anos. Tudo sempre tão intenso, sincero, real.
Hoje tudo que mais queria e precisava era te parabenizar AO VIVO!, sentir seu calor, seu beijo e dizer o quanto estou feliz por você, que está no começo de mais esta fase tão importante na sua, e consequentemente, na NOSSA vida. Queria sentar e te olhar, sem dizer nada, sem conversar. Talvez eu choraria na sua frente; talvez não, eu CERTAMENTE choraria na sua frente, porque minhas emoções estão demais à flor da pele. E tudo isso porque ainda sinto o mesmo frio na barriga do começo, os desejos de uma adolescente, todos os sintomas da paixão, mas desfrutando a calmaria do amor. "É tão bom ter alguém por perto, pra você se sentir completo". Queria estar com você todas as noites... e fazer de todas as nossas noites dias 20, ou 31 de dezembro à meia-noite, quando ouvi o "Quer se casar comigo?" (lembra?), debaixo daquela lua brilhante, daquele céu estrelado e daquele nosso sorriso que transparecia toda nossa felicidade (como é até hoje!). Mas... por enquanto isto não é possível. Graças a Deus só por enquanto. Esta semana tem sido especialmente difícil... estou mais sensivel, confesso. Ter que dar tchau domingo à noite foi estranho. Sim, aquela noite dormindo sem você fez uma baita diferença. Talvez por causa das duas semanas de plantão e por este ter "faltado" a noite de domingo. E também por, pela primeira vez, estarmos longe um do outro no nosso dia.
Não importa. Estamos conectados da mesma forma, Amor. Te amo! Parabéns por mais este mês lindo!!! Obrigada por tudo e por sempre estar ao meu lado... e por me fazer ter certeza que este é apenas o começo... "


Sim... e era apenas o começo. Ainda estamos no começo... :)
Muito amor ao mundo!
Acho que é isso que mais precisamos!

Meu beijo,
Li

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe