Sobre dialogar.

17:18

sou muito analítica. crítica. observadora e guardo exatamente tudo que as pessoas me dizem. daí, apresento o argumento: numa briga ou discussão, não falo. não adianta! sempre foi assim. escuto o 'outro lado', analiso, e SÓ DEPOIS tiro minhas conclusões. se é certo ou errado, quem sabe? pra mim, é fato mais que comprovado que, se estamos no auge de nossas emoções, acabamos dizendo coisas que às vezes magoam, e que poderiam ser evitadas. por isso escrevo. gosto de ser obrigada a pensar nas palavras. a pensar se elas terão algum efeito negativo a quem lê. assim, consigo estar com a cabeça fria e "desabar" com estas letrinhas, um teclado, ou a caneta e o papel. me sinto bem, aliviada.

pois bem. há quem diga que eu preciso mudar um pouco a minha atitude, e como nesse mundo estamos pra aprender, tenho tentado.

agora decidi: todos os inícios dessas 'conversas decisórias' terão a frase "PRECISO CONVERSAR!". simples assim. do tipo, primeiro eu falo, depois você. e assim, com a mente aberta pra aceitar OUVIR e FALAR, as coisas ficam muito mais fáceis.

e, sendo até um pouco piegas, concordo com o que dizem por aí: "no fim, vale uma boa conversa...".

e hoje, eu rio com as tantas coisas que passam pela minha cabeça 'Amélie Poulain'.

as coisas são bem mais fáceis do que eu imagino.
chega de sofrimento!
:-)

tô orgulhosa de mim. menina adepta à mudanças.
se já vou mudar tantas coisas, né? por que não evoluir e evoluir??
é sempre bom.

ainda não estou 100%. e quem disse que quero?
melhorar, sim! mas mudar a essência da personalidade, aí não!
de minhas características básicas, não abro mão!

meu beijo,

lillica .

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe