Necessária solidão, a bênção da família e algo mais...

09:59



𺰘¨ 04 de fevereiro... os dias têm passado rápido! Graças a Deus! Aos poucos vou me acostumando com a rotina de São Paulo. Agora com as coisas em casa mais estabelecidas, posso garantir que realmente é tarefa de Super Mulher cuidar da casa, do trabalho e do marido. Isso porque ainda não tenho filhos... mas, a coisa não rende! A gente chega em casa cansada, esgotada, e olha para aquele monte de roupas que você precisa passar, pensa no jantar que terá que fazer, olha para o relógio, a hora voou... e você se dá conta que está longe de dormir as 8 horas necessárias para o equilíbrio corporal. Acordar pela manhã é um verdadeiro martírio. Não porque você não gosta de trabalhar, longe disso! É preciso diariamente agradecer ao nosso Pai Maior a bênção de ter um trabalho nesses tempos de crises. E mais ainda, pelo trabalho te dar um salário digno para que você mantenha seu nome limpinho, limpinho. E eu agradeço! Não tenho hora certa... acontece o dia todo! Todos os dias ouvimos falar sobre a boa energia, positividade, entusiasmo, alegria de viver. Eu, pelo menos, prego isso. Quero, sim, acreditar que o meu estado de espírito depende exclusivamente de uma só pessoa: EU. E acredito! Mas tem dias que, não sei, eu acordo, me olho no espelho, e o meu "bom dia" pra mim mesma vem sem aquele sorrisão de orelha a orelha. Já sei que o dia será um pouco mais pesado que os outros. Não me perguntem porquê. Esta é, obviamente, a pergunta que sempre me faço. Claro que todos ao nosso redor preferem as pessoas alegres, mas tem dias que simplesmente não dá!

Hoje é um dia desses... sei que amanhã, tudo volta ao normal. Enquanto isso, eu me esforço!

Estava chovendo horrores! Agora, o sol volta a aparecer! Prefiro bem mais... o sol é mesmo fonte de energia! Vou lá pegar um pouquinho dela e já volto!!!

......

Coisa boa! Sol é mesmo energizante!! Me fez pensar em outra coisa... família! Hoje, tenho três famílias!! A dos meus pais, a de meu marido, e a minha mesmo! Família Ambrosio, família Bernardo e agora, família Ambrosio Bernardo! Não é incrível?! É maravilhoso saber que minha opção foi certeira! Que meu caminho tem sido guiado por Deus, e que tenho colhido muitas bênçãos em meu relacionamento com o Lu. Ele é meu companheirão! Aquele que certamente será pra vida inteira!!

Quando ele apareceu em minha vida, estava em um momento difícil. Isso me faz lembrar uma frase que li hoje; curta, mas real: "Quanto maior a dor, maior o alívio". O alívio que eu senti quando o conheci foi uma coisa impressionante!! Eu o re-conheci, aliás, pois não dá dúvidas de que nossas vidas já estavam estrelaçadas desde sempre, tamnhas são as coincidências que nos rodeiam... Sou feliz demais ao lado desta pessoa brilhante que me ajudará a construir uma família muito, muito feliz!!! Com o Bernardo e a Olívia...

......

Mudando de assunto... estou lendo alguns livros ao mesmo tempo: Paulo Coelho, a biografia, que é um tanto quanto pesada, mas que eu recomendo demais, porque o cara tem uma trajetória assim, incrível, maluca, arrepiante... dá pra sentir de tudo no livro! Agora, estou na parte dramática, e como ficou pesada a leitura, dei uma parada... porque eu sinto a energia do livro, e ai, pfut! Preciso parar quando a coisa fica muitoooooo doida! Daí, mudei pra "A Doçura do Mundo", que é um livro hiper envolvente, com uma energia magnífica! Fala sobre a Índia, e a diferença de valores de indianos x americanos. É uma história maravilhosa sobre o verdadeiro sentido da família... e, já que o assunto é livro, hoje li em uma versão 'online' outro também de Paulo Coelho, chamado "O Livro dos Manuais". Vale demais a pena!!! Dá pra baixar através do próprio site. É leitura boa, e sem custo!

Eu recomendo!!!

Daqui a pouco é hora de ir embora... chegar em casa, lavar e passar roupa, tomar banho, jantar e dormir... e ai, a semana já está quase terminando de novo! Quando se vê, já foi! ¨˜°ºð

Volto logo... e melhor!

Fiquem com Deus!

Namastê!

Lots of love,

Lillica

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe